The HeadquartersCorporate ProfileThe OrganisationFIVB Story
Volleyball StoryChronological HighlightsBeach Volleyball OriginsRulesFundamentals
CompetitionsCalendarWorld RankingsOfficial RulesOfficial FormsVolleyball Story
CompetitionsPlayer BiosWorld RankingsRulesFormsBeach Volleyball OriginsRefereeing
Volleyball Cooperation Programme (VCP)Development CentresTechnical e-libraryTechnical Video EvaluationU-VolleyInternational CooperationMini/School VolleyballPark Volley
Contact l RSS RSS Facebook Twitter YouTube l Login
NEWS

Itália visa desenvolvimento contínuo

 
A jovem seleção italiana ganhou experiência no Grand Prix Mundial
 

Quarta colocada no ranking mundial e quinta no Grand Prix de 2013, a Itália espera continuar melhorando para fazer bonito no Campeonato Mundial da FIVB de 2014 em casa.

Sem uma série de importantes jogadoras como a ex-capitã Eleonora Lo Bianco, Francesca Piccinini e Simona Gioli, a jovem equipe italiana perdeu três partidas consecutivas na fase final do Grand Prix Mundial contra Japão, China e Brasil.

No entanto, o novo treinador Marco Mencarelli acredita que a experiência foi uma boa aprendizagem para as jovens jogadoras.

"Estou satisfeito com o nosso desempenho geral, com exceção do terceiro set de hoje", disse ele após a derrota por 25-16, 26-24 e 25-11 diante das brasileiras.

"Sabíamos que enfrentar o Brasil seria o nosso jogo mais difícil, mas esperávamos que não fosse tão difícil. No primeiro e segundo sets nós conseguimos nos desenvolver bem, mas no terceiro não tivemos resposta alguma para elas."

A maioria das jogadoras que participaram das finais do Grand Prix Mundial vai viajar para a Alemanha e Suíça para o Campeonato Europeu, onde a seleção italiana almeja conquistar uma medalha.

"Pode haver mudanças, mas a maioria das jogadoras vai permanecer, e o nosso objetivo é tentar ganhar uma medalha", disse Mencarelli.

"Vai ser muito difícil. A nossa equipe é muito jovem e há quatro ou cinco equipes muito fortes, especificamente a Sérvia, a Rússia, a Bulgária e a Alemanha. Será muito difícil, mas nós vamos tentar." A capitã italiana Martina Guiggi disse que o Campeonato Europeu, que começa dia 6 de setembro na Alemanha e na Suíça, será um grande desafio para a seleção.

"Com certeza nós sabemos que teremos momentos difíceis, porque somos uma equipe muito jovem e que mudou muito", disse ela.

"Estamos aqui para tentar crescer." "O Campeonato Europeu vai ser muito próximo deste torneio, e temos de nos preparar física e mentalmente. Vamos tentar fazer o nosso melhor e esperamos chegar ao Campeonato Europeu nas melhores condições e ser mais fortes."

O Campeonato Mundial de Vôlei Feminino será realizado na própria Itália no próximo ano, e o treinador e a capitã acreditam que o selecionado estará mais forte até lá.

"Esperamos ter um bom desempenho e chegar às semifinais", disse Mencarelli.

"Em alguns momentos, mostramos um voleibol de alto nível, mas às vezes precisamos de regularidade", afirmou Guiggi.

"Vamos tentar manter o que fizemos bem e tentar crescer. Talvez depois de um ano consigamos ficar mais fortes, mas isso leva tempo."

Guiggi está confiante de que a jovem seleção terá um grande futuro sob a direção do novo treinador.

"Com certeza, sabemos as que nossas jogadoras têm grande força", disse ela.

"Temos de fazer o nosso melhor agora para dar o primeiro passo rumo ao Campeonato Mundial do próximo ano. Talvez algumas jogadoras mais velhas possam retornar à seleção mais tarde, ou talvez possa haver algumas mudanças. Não sei, mas acho que esta equipe tem um grande potencial. Nós só temos de trabalhar duro."





 Language(s)
   English
   French
   Spanish
   Portuguese

 Additional links
   Download high-resolution photo
   Volleyball home page

LATEST NEWS

Latest headlines