A heroína é o centro das atenções na coletiva
de imprensa no lounge da FIVB
Quero mesmo é ser considerada uma jogadora completa, e não só ofensiva”
47