FIVB VolleyWorld 11/2013 - Portuguese - page 7

dupla alemã composta por Karla Borger e Britta Büthe. Os letões
Janis Smedins e Aleksandrs Samoilovs foram outra nova equipe que
conquistou espaço e competiu de igual para igual com os brasileiros
Pedro Salgado e Bruno Schmidt durante todo o ano, para fechar a
temporada no topo do ranking masculino, com os brasileiros em
segundo lugar.
O circuito masculino acabou se transformando em um duelo entre
Smedins/Samoilovs e Salgado/Schmidt, e cada dupla ganhou cinco
medalhas – duas de ouro, duas de prata e uma de bronze. No
entanto, na única vez em que se enfrentaram na final, em Haia, os
brasileiros se saíram melhor.
Tudo seria decidido no último torneio do ano, o Aberto de Durban,
e, ao chegarem às quartas de final, os letões já garantiram a primeira
posição no ranking da temporada. Para não deixar dúvidas, a dupla
venceu o torneio na África do Sul, enquanto Pedro e Bruno também
subiram ao pódio, ficando com o bronze.
Os futuros vencedores do Campeonato Mundial, Alexander Brouwer
e Robert Meeuwsen, da Holanda, começaram a temporada com um
objetivo principal: chegar ao menos às quartas de final de um Grand
Slam, a fim de melhorar a sua situação perante o Comitê Olímpico
Holandês e obter mais apoio. Em vez disso, os dois deixaram a
Polônia com medalhas de ouro no peito e firmemente cotados para
serem os garotos-propaganda nos pôsteres do Campeonato Mundial
de 2015, na Holanda.
A dupla americana Phil Dalhausser e Sean Rosenthal teve altos e
baixos na sua primeira temporada, mas também deixou a sua marca
com duas medalhas de ouro – uma em Roma e a outra em Long
Beach. O ex-parceiro de Rosenthal, Jacob Gibb, por sua vez, se uniu
ao novato Casey Patterson para ganhar o ouro no Grand Slam de
Xangai, prata em Corrientes e bronze em Gstaad.
Ao longo da temporada, as duplas Paolo Nicolai e Daniele Lupo
(Itália) e Pablo Herrera e Adrián Gavira (Espanha) representaram bem
a Europa, conquistando medalhas de prata e de bronze. Nicolai e
Lupo levaram prata em Fuzhou e bronze em Corrientes, Long Beach e
Xiamen, enquanto Herrera e Gavira ganharam prata em Long Beach,
bronze em Berlim e também foram coroados campeões europeus.
As irmãs Maria Clara (à esquerda) e Carolina Salgado tiveram muitos
motivos para comemorar, assim como o irmão delas, Pedro (à direita), e o
parceiro Bruno Schmidt
Aleksandrs Samoilovs e Janis Smedins obtiveram duas medalhas de ouro,
duas de prata e uma de bronze nos Grand Slams da temporada
Alexander Brouwer (à esquerda) e Robert Meeuwsen superaram as suas
expectativas, tornando-se campeões do mundo
CIRCUITO MUNDIAL DE VÔLEI DE PRAIA DA FIVB
AS CINCO PRIMEIRAS NO FEMININO
1
Talita Antunes/Taiana Lima (BRA)
2
Maria Clara Salgado/Carolina Salgado (BRA)
3
Katrin Holtwick/Ilka Semmler (GER)
4
Laura Ludwig/Kira Walkenhorst (GER)
5
Agatha Bednarczuk/Maria Antonelli (BRA)
OS CINCO PRIMEIROS NO MASCULINO
1
Janis Smedins/Aleksandrs Samoilovs (LAT)
2
Pedro Salgado/Bruno Schmidt (BRA)
3
Paolo Nicolai/Daniele Lupo (ITA)
4
Alexander Brouwer/Robert Meeuwsen (NED)
5
Ricardo Santos/Álvaro Filho (BRA)
7
I,II,1,2,3,4,5,6 8,9,10,11,12,13,14,15,16,17,...28
Powered by FlippingBook