FIVB VolleyWorld 11/2013 - Portuguese - page 18

Myslowice foi o palco da primeira edição do Campeonato
Mundial Sub-23 de Vôlei de Praia da FIVB, que culminou com
duplas europeias no alto do pódio no masculino e no feminino.
A
VolleyWorld
conta como foi o torneio nas areias do sul da
Polônia.
O Campeonato Mundial Sub-23 foi criado como uma última ponte
entre a base e o Circuito Mundial, e não chegou a ser surpresa o fato
de que as duplas medalhistas de ouro já eram conhecidas do Circuito
Mundial de Vôlei de Praia da FIVB.
O ouro masculino foi conquistado pelos xodós da torcida polonesa,
Piotr Kantor e Bartosz Losiak, que acrescentaram os louros do
Campeonato Mundial Sub-23 às conquistas do Campeonato Mundial
Sub-21 de Vôlei de Praia da FIVB, em 2012, e do Campeonato Mundial
Sub-19, em 2010, e aproveitaram ao máximo a experiência de já ter
jogado no Circuito Mundial.
Por sua vez, as alemãs Victoria Bieneck e Isabell Schneider se destacaram
no igualmente competitivo torneio feminino e conquistaram o ouro,
comprovando a crescente força da Alemanha no esporte.
Trinta e duas equipes de cadamodalidade participaramdo campeonato,
que contou com duplas de países em desenvolvimento, como Santa
Lúcia, Quênia e Ruanda. Acostumada a sediar vários torneios abertos
e de categorias de base, Myslowice foi uma escolha segura para o
inédito Campeonato Mundial Sub-23.
A dupla formada por Kantor e Losiak dominou o torneio e recebeu o
apoio incondicional da torcida, que lotou a quadra central para torcer
pela sua dupla favorita.
Na semifinal, os poloneses precisaram de três sets para derrotar a
dupla austríaca Lorenz Petutschnig e Tobias Winter, e na final contra
os brasileiros Vítor Felipe e Márcio Guadie Ley venceram por 2 a 0 (21-
16, 21-17 ).
“Claro que estamos muito felizes”, disse Kantor. “Queremos agradecer
à nossa torcida, pois hoje tivemos a casa cheia. Já imaginávamos que
iríamos enfrentar as duplas russas e austríacas ao longo do torneio e
felizmente as vencemos para chegar à final.”
Na final, pegamos um
adversário muito difícil, o
Brasil, mas conseguimos
vencer. Estou muito
orgulhoso.
Piotr Kantor
Para o brasileiro Vítor Felipe, a prata foi a terceira consecutiva,
contando os vice-campeonatos nos Mundiais Sub-21 de 2009 e 2010.
O brasileiro também tem experiência no Circuito Mundial e fechou a
temporada com duas medalhas de ouro em Grand Slams: Berlim e
Xiamen.
Duplas conhecidas adicionam
o Sub-23 à coleção de medalhas
REPORTAGEM 5
CAMPEONATO MUNDIAL SUB-23
DE VÔLEI DE PRAIA DA FIVB
18
I...,8,9,10,11,12,13,14,15,16,17 19,20,21,22,23,24,25,26,27,...28
Powered by FlippingBook