FIVB VolleyWorld 8/2013 - Portuguese - page 9

A Rússia venceu o Brasil duas vezes no torneio
Nikolay Pavlov foi escolhido o melhor jogador
com uma vitória por 3 a 0 sobre o Brasil, a primeira derrota brasileira
por esse escore em uma final de Liga Mundial em todos os tempos.
O técnico Bernardinho parece precisar de novas ideias, já que o
selecionado mais vitorioso da história do torneio não conquistou
nenhum título da Liga Mundial nas últimas três temporadas. As lesões
de Leandro Vissotto, Dante e Éder dificultaram a vida do Brasil na
busca do décimo título, e é compreensível que a Seleção passe por
um período de reajuste um ano após o fim de mais um ciclo olímpico.
A Itália, por outro lado, ficou muito feliz com a medalha de bronze,
obtida após uma vitória sobre a Bulgária — quinta vez em que os
búlgaros deixam o pódio escapar por pouco. Oito vezes campeões da
Liga Mundial, os italianos obtiveram a melhor colocação dos últimos
nove anos. Ao repetir o bronze conquistado em Londres 2012, a Itália
assegurou, com a vitória por 3 a 2, o posto de terceira melhor seleção
do mundo na atualidade.
O futuro é brilhante para a
Azzurra
. Aos 22 anos, Luca Vettori,
jogador mais jovem da equipe, foi o grande destaque na vitória sobre
a Bulgária, marcando 29 pontos. Ele é um dos jogadores da nova
geração que espera levar a Itália de volta aos bons tempos em que
dominava o esporte.
“As seleções agora são parecidas em altura e ataque, mas há algo
mais que temos: a garra e o desejo de fazermos mais do que as outras
equipes”, disse Vettori, que substituiu o lesionado capitão Cristian
Savani em grande estilo.
Astros como Samuel Papi, Luigi Mastrangelo e Alessandro Fei também
não fizeram falta. O atacante Ivan Zaytsev, por sua vez, manteve a
excelente forma e foi o maior pontuador da fase intercontinental, com
215 pontos.
Embora os italianos não tenham sido páreo para a Rússia na semifinal,
o novato Vettori acredita que tudo mudará a partir de setembro.
“Somos uma equipe jovem, e há muitas promessas entre nós, então
no Campeonato Europeu esperamos ir além deste terceiro lugar.”
Apesar da ausência óbvia do arquirrival Brasil no torneio na Dinamarca
e na Polônia, equipes como Itália, Bulgária, Polônia e Sérvia estarão
no encalço dos campeões da Liga Mundial. Isso significa que a Rússia,
mais uma vez, precisará jogar tudo o que sabe para defender a sua
hegemonia, algo que fez com desempenho brilhante emMar del Plata.
CLASSIFICAÇÃO FINAL
1
Rússia
2
Brasil
3
Itália
4
Bulgária
5
Canadá
6
Argentina
7
Alemanha
8
Sérvia
9
Irã
10
França
11
Polônia
12
EUA
13
Cuba
14
Holanda
15
Coreia do Sul
16
Finlândia
17
Portugal
18
Japão
7
1,2,3,4,5,6,7,8 10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,...28
Powered by FlippingBook